Newsletter Semanal do Sistema FIESC  |  nº 257  |  21.03 até 28.03.2012  |  FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA
Em oito anos, Porto de Imbituba investe R$ 500 milhões


Diretor-superintendente do Grupo Santos Brasil, Bruno Resmini Figurelli (Foto: Fernando Willadino)
Nos últimos oito anos, os investimentos realizados no Porto de Imbituba foram da ordem de R$ 500 milhões, afirmou o administrador do Porto, Jeziel Pamato de Souza, durante reunião de diretoria da FIESC, realizada na sexta-feira (16). Esse valor contempla investimento do próprio Porto e das empresas que venceram as licitações de arrendamento de área.

"O porto era deficitário, com um passivo enorme e 650 processos trabalhistas. Num primeiro momento, tentamos equacionar financeiramente a empresa e os processos e conseguimos isso por meio da atração de investimentos da iniciativa privada", disse Pamato de Souza, que está à frente do empreendimento desde 2004.

Conforme o administrador, a novidade para este ano é o aumento do calado para 14,5 metros (hoje é de cerca de 11 metros). Essa obra foi inserida no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2), com previsão de investimento de R$ 55 milhões. No dia 30 de março está prevista a licitação para a contratação das obras de dragagem.

O diretor-superintendente do Grupo Santos Brasil em Imbituba, Bruno Resmini Figurelli, disse que o aumento do calado será importante porque permitirá ao Porto receber navios de 300 a 330 metros de comprimento. Embarcações desse porte exigem calado de no mínimo 14 metros, por isso a importância das obras de dragagem.

Figurelli afirmou que o porto de Imbituba é a "menina dos olhos" dentro do Grupo. A companhia opera o terminal de contêineres do Porto. Segundo ele, a empresa investiu R$ 480 milhões desde 2008 quando venceu a licitação. "No processo de licitação pagamos um lance de R$ 120 milhões, o restante foi investido em obras de infraestrutura e equipamentos".  

Agora, a expectativa é continuar os investimentos em equipamentos e na retroárea, terreno de dois milhões de metros quadrados, localizado há seis quilômetros do Porto, na BR-101. Boa parte dessa área ficará à disposição das indústrias para fazer movimentação de carga.

Veja aqui todas as notícias

Setores privado e público cobram início da obra do contorno

Empresas do Oeste e do Vale se preparam para exportar

Empresas melhoram desempenho a partir de consultorias do SENAI

SESI implementa serviço de alimentação na Coan

FIESC lança missão à China

Projetos ampliam capacidade inovadora de Santa Catarina

Missão empresarial da FIESC embarca ao Panamá

SESI dissemina Objetivos do Milênio na indústria de SC

Gestão profissional é alternativa para aeroporto de Chapecó

SENAI encontra soluções ambientais e industriais

Em oito anos, Porto de Imbituba investe R$ 500 milhões

Cadeia têxtil e do vestuário do Sul reúne-se em fórum do setor

Empresas podem inscrever cases para conferência da Anpei

Panificadores de SC buscam referências para o setor no Chile

FIESC promove palestra sobre comunicação digital

Facebook Twitter Linkedin Flickr

Observatório

Indústria e competitividade

Guia da Indústria FIESC

Saiba mais

FIESC

SENAI

SESI

IEL

Prêmio FIESC de Jornalismo

E-Social





Federação das Indústria do Estado de Santa Catarina

Departamento Regional - Fone 48 3231 4100

Rod. Admar Gonzaga 2765 - Florianópolis/SC - 88034-001

Gerência de Comunicação

Institucional:Elmar Meurer

Edição:Filipe Scotti e Dâmi Radin

Reportagem:Dâmi Radin, Elida Ruivo, Ivonei
Fazzioni e Gabrielle Bittelbrun