Newsletter Semanal do Sistema FIESC  |  nº 274  |  18.07 até 25.07.2012  |  FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA
Investimento industrial criará 12 mil vagas em SC, aponta FIESC


Presidente da FIESC, Glauco José Côrte (à dir.), entrega o documento ao presidente do BRDE, Renato Vianna (foto: Filipe Scotti)
Os investimentos previstos pela indústria catarinense para o triênio 2012-2014 vão gerar 17 mil empregos, sendo 12 mil em Santa Catarina e cinco mil fora do Estado, revela a publicação Desempenho e Perspectivas da Indústria Catarinense, que a Federação das Indústrias (FIESC) lançou na sexta-feira, dia 13, com o apoio do BRDE. O maior número de postos de trabalho será gerado pelo setor de máquinas, aparelhos e materiais elétricos. As vagas serão criadas com a aplicação dos R$ 3,6 bilhões de investimentos que o setor planeja até 2014. Esse valor, quando se concretizar, será maior, pois quando o levantamento foi realizado muitas empresas ainda não tinham programado os valores para 2013 e 2014.

"Um investimento desta ordem vai impulsionar o crescimento da economia de Santa Catarina. Apesar da conjuntura de crise e de baixo crescimento do PIB, o industrial do Estado mantém os investimentos como sinal de confiança na economia. Os investimentos gerarão empregos que vão irrigar a economia permitindo um crescimento sustentável. O que dá sustentabilidade ao crescimento são os investimentos", afirmou o presidente da FIESC, Glauco José Côrte.

Os setores industriais que preveem maiores investimentos nos próximos três anos são: alimentos; celulose e papel; máquinas, aparelhos e materiais elétricos e metalurgia. Os recursos serão aplicados na aquisição de máquinas e equipamentos, na atualização tecnológica (modernização), na ampliação da capacidade produtiva e na melhoria da qualidade dos produtos.

As principais fontes dos recursos para os novos investimentos serão: 39% de capital próprio; 33% de bancos de fomento; 13% de bancos privados nacionais e 10% bancos de fomento via bancos privados nacionais. A intenção das indústrias é aumentar a captação em bancos de fomento. Em 2011 as empresas captaram, nestas instituições, 19% dos recursos. Agora preveem captar 33%.

Para 2012, a previsão de investimentos industriais é 15% maior do que foi realizado em 2011 (R$ 1,72 bilhão), totalizando R$ 1,99 bilhão. Em Santa Catarina ficarão 80% dos aportes. A indústria de alimentos será responsável por mais de um terço dos investimentos em 2012 (R$ 756 milhões). O segmento lidera os investimentos tanto no Estado quanto em outras unidades da Federação. A maior proporção de investimentos internacionais prevista para este ano será realizada pelas indústrias de máquinas, aparelhos e materiais elétricos.

O levantamento, realizado com 126 indústrias, mostra que a proporção de companhias que investiu no ano passado (78%) foi menor que os 83% registrados em 2010. No entanto, o valor investido em 2011, R$ 1,72 bilhão, foi 27% maior que o realizado em 2010 (R$ 1,35 bilhão). 79% dos R$ 1,72 bilhão foram alocados em Santa Catarina. O valor superou a média anual dos últimos cinco anos, que foi de R$ 1,58 bilhão.

O documento também mostra que no ano passado 51% das indústrias analisadas investiram conforme planejado e 14% além do que havia sido previsto. As demais realizaram parcialmente ou cancelaram. Os setores de metalurgia básica e produtos alimentares lideraram os investimentos no período.

O trabalho Desempenho e Perspectivas é realizado desde 2000 e está na 12ª edição. A publicação é dividida em dois capítulos: um trata dos investimentos da indústria até 2014 e o outro faz um panorama da economia em 2011 e traz as perspectivas para 2012. A coleta dos dados foi realizada de fevereiro a abril de 2012.

Veja aqui todas as notícias

Investimento industrial criará 12 mil vagas em SC, aponta FIESC

`Robôs melhoram eficiência e humanizam produção industrial'

Jornada ainda tem inscrições para esta quinta-feira

Reforço no ensino básico é sério, grave e urgente

» Seminário vai mapear fornecedores para a indústria naval

» Petrobras e SENAI vão formar trabalhadores em Itajaí

» SESI lança índice de qualidade de vida do trabalhador

» Crescimento econômico de 2008 só deve ocorrer em 2018

» Maior feira de negócios da China foca na sustentabilidade

» Parceria atualiza laboratório de panificação do SENAI

» Câmara da Construção debate projetos de lei para o setor

» Incentivo é chave para elevar escolaridade do trabalhador

» Câmara Trabalhista terá reunião dia 27 de julho

Veja aqui - Todas as notícias

Facebook Twitter Linkedin Flickr

Observatório

Indústria e competitividade

Guia da Indústria FIESC

Saiba mais

FIESC

SENAI

SESI

IEL

Prêmio FIESC de Jornalismo

e-Social





Federação das Indústria do Estado de Santa Catarina

Departamento Regional - Fone 48 3231 4100

Rod. Admar Gonzaga 2765 - Florianópolis/SC - 88034-001

Gerência de Comunicação

Institucional:Elmar Meurer

Edição:Filipe Scotti e Dâmi Radin

Reportagem:Dâmi Radin, Elida Ruivo, Ivonei
Fazzioni e Gabrielle Bittelbrun