Newsletter Semanal da FIESC  |  nº 351  |  19.02 até 26.02.2014  |  FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA
FIESC e Instituto Pe. Vilson Groh firmam parceria para jovens


Côrte e padre Vilson (c) assinaram o convênio (Foto: Heraldo Carnieri)
A FIESC e o Instituto Pe. Vilson Groh (IVG) assinaram, na quinta-feira (13), convênio para a oferta de vagas em cursos de educação profissional do SENAI na Grande Florianópolis a jovens assistidos pelas organizações sociais ligadas ao IVG. Serão destinadas duas vagas em cada turma de aprendizagem industrial e de cursos técnicos, que devem totalizar cerca de 300 matrículas em cinco anos.

O presidente da FIESC, Glauco José Côrte, salientou que a cooperação está alinhada ao Movimento A Indústria pela Educação, lançado pela entidade em 2012. "A oferta das matrículas está no escopo do Movimento, que é melhorar o nível de escolaridade e qualificação dos jovens e dos trabalhadores", disse, ressaltando que esta é uma contribuição para a inclusão social. "O Instituto Pe. Vilson Groh faz um trabalho que é modelo para o Brasil e estamos realizando a parceria com o objetivo de incluir no mercado de trabalho jovens bem qualificados", acrescentou Côrte.

O padre Vilson Groh destacou que "a juventude da periferia tem grande capital social, mas precisa de oportunidades, que se materializam, por exemplo com este convênio". A formação profissional gera "cidadania e acesso ao bem comum e vai criar alternativas para a juventude crescer, materializar seus sonhos e abrir horizontes. Um projeto como esse amplia horizontes, até porque os cursos são extremamentes qualificados e geram oportunidades para a juventude", afirmou. Para o padre, "aproximar centro e periferia representa desmistificar a ideia de que a periferia é apenas espaço de violência e mostrar seu capital social. Oferecer oportunidades é gerar uma perspectiva de qualidade e dignidade de vida".

Os jovens inscritos nos cursos seguirão a política de bolsas de estudos do IVG, que prevê direitos e deveres dos beneficiários. Além disso, terão o acompanhamento que o SENAI já oferece a todos os seus alunos. As duas práticas inibem a evasão escolar.

Por meio de uma rede composta por sete organizações sociais, o IVG atende 4,2 mil crianças, adolescentes e jovens (de seis a 24 anos) de comunidades empobrecidas da Grande Florianópolis. Essas instituições são a Associação João Paulo II, o Centro Cultural Escrava Anastácia, o Centro de Educação e Evangelização Popular (Cedep), a Associação de Amigos da Casa de Criança e do Adolescente do Morro do Mocotó (ACAM) e o Centro Social Elisabeth Zarkamz, além das unidades do Centro São José e Lucia Mayvorne. A atuação dessas entidades está focada na promoção da educação, da cidadania e da mobilização comunitária.

Veja aqui todas as notícias

Fórum Industrial Sul e bancada federal têm reunião em Brasília

Colombo e Autopista Litoral Sul participam de reunião na FIESC

Empresários de SC participam da missão Brasil-Paraguai

FIESC e Instituto Pe. Vilson Groh firmam parceria para jovens

» Indústria pode inovar com custo subsidiado

» Movimento A Indústria pela Educação é levado a Biguaçu

» Índice de confiança da indústria de SC cai pelo terceiro mês

» Trabalhadores têm desconto em jogos do Metropolitano

Facebook Twitter Linkedin Flickr

Observatório

Indústria e competitividade

Guia da Indústria FIESC

Saiba mais

FIESC

SENAI

SESI

IEL

Prêmio FIESC de Jornalismo

E-Social





Federação das Indústria do Estado de Santa Catarina

Departamento Regional - Fone 48 3231 4100

Rod. Admar Gonzaga 2765 - Florianópolis/SC - 88034-001

Gerência de Comunicação

Institucional:Elmar Meurer

Edição:Filipe Scotti e Dâmi Radin

Reportagem:Dâmi Radin, Elida Ruivo, Ivonei
Fazzioni e Gabrielle Bittelbrun