Newsletter Semanal da FIESC  |  nº 487  |  9.11 até 16.11.2016  |  FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA
Santa Catarina terá três projetos na Olimpíada do Conhecimento 2016


Projeto Optimized Car, de alunos de Blumenau, é um veículo com menos peso, melhor distribuição de carga, aumento da potência e economia de combustível. Foto: Rúbia Souza
Alunos e professores do SENAI/SC, entidade da FIESC, em diversas regiões do Estado, se preparam para as provas da Olimpíada do Conhecimento, que será realizada a partir de quarta (9) até o dia 14 de novembro, em Brasília. Trata-se de um torneio de educação profissional, no qual os participantes devem demonstrar conhecimentos e habilidades na execução de tarefas típicas de cada profissão. Incluindo atividades paralelas, o evento na capital federal reunirá mais de 1,2 mil estudantes da instituição em todo o Brasil, entre os quais mais de 40 catarinenses.

Estudantes catarinenses do Oeste e do Vale do Itajaí vão disputar a competição principal com três projetos: uma casa com blocos de montar, tipo lego; um aplicativo de smartphone para gestão de lixo reciclável (ambos por equipes de Chapecó) e um carro otimizado, com redução de peso, melhor distribuição de carga, aumento da potência e economia de combustível (criado por alunos de Blumenau). Nesta edição, as provas ganham nova roupagem e as disputas são entre equipes multidisciplinares, compostas por estudantes das diversas áreas que integram o escopo de cada projeto. Assim, a Casa Lego terá, além do curso de edificações, alunos dos cursos de automação industrial e de mecatrônica. O DescartesLab tem participação dos cursos de web design, soluções de softwares para negócios e de infraestrutura e redes locais. Já no caso do automóvel, os alunos utilizaram técnicas automotivas nas áreas de mecânica, eletroeletrônica, gerenciamento eletrônico, latoaria e pintura. Santa Catarina é o Estado com maior número de equipes no evento.

Além do desafio por equipe, serão realizados desafios individuais, nos quais os competidores fazem provas rápidas em suas áreas específicas de conhecimento.

Uma quarta equipe catarinense, de Joinville, participará do torneio na área de Moda e Criatividade, com projeto demonstrativo que servirá para que o público compreenda o processo de ensino-aprendizagem em educação profissional do SENAI.

EVENTOS ESPECIAIS
Em paralelo à Olimpíada do Conhecimento, que será realizada no Ginásio Nilson Nélson, serão realizados diversos eventos de promoção e avaliação da Educação Profissional. Entre essas atividades, está Mostra Inova SENAI, que apresentará projetos, desenvolvidos por alunos e professoras da instituição e que contará com seis iniciativas catarinenses. O sorvete de azeite de oliva extra virgem é um novo produto, mantendo características sensoriais e com propriedades nutricionais. Outras iniciativas promovem a inclusão. É o caso da tecnologia para alfabetização em braile e do espaço comercial de roupas para integrar pessoas cegas ou com baixa visão. Outros trabalhos aprimoram o processo produtivo industrial. É o caso da máquina híbrida para corte, chanfro, escovamento e medição de tubos e barras aplicada à indústria automobilística e da remoção de abrasivo acumulado no tanque de uma máquina de corte de chapas metálicas, além do filtro de fundição com reaproveitamento de areia de fundição e lodo de anodização de alumínio, que inclui aspectos de sustentabilidade.

Outros eventos previstos são as provas práticas do Sistema de Avaliação da Educação Profissional (SAEP), com a participação de 15 catarinenses; a Escola SESI SENAI do Futuro, o Festival SESI de Robótica FLL; o SESI Ciências e a demonstração de profissões.

SAIBA MAIS SOBRE OS DIVERSOS EVENTOS E A PARTICIPAÇÃO CATARINENSE
1. OLIMPÍADA DO CONHECIMENTO
É o evento central, composto por desafios em equipe e individuais. Os estudantes vão desenvolver projetos em equipes multidisciplinares, além de cumprir as provas individuais, específicas de suas áreas de atuação. Santa Catarina terá 20 participantes, em três trabalhos em disputa e um demonstrativo. Conheça:

DescartesLab - realizado por equipe de Chapecó. Trata-se de um aplicativo para dispositivos móveis e web, de gestão de lixo reciclável para facilitar a procura por empresas ou pontos de coletas de reciclagem. O sistema permite filtrar pelo tipo de material, traçar rota ao ponto selecionado e agendar coletas. A solução será de âmbito nacional e terá versão web e mobile, tanto para Android como iOS. O trabalho envolve quatro estudantes e dois docentes treinadores, de ocupações distintas dentro da informática: web design, solução de softwares para negócios (programação) e infraestrutura e redes locais.

Casa Lego - realizado por equipe de Chapecó. Desenvolvida em blocos montáveis, tipo as peças Lego, trata-se de uma casa moderna, sustentável, de baixo custo e eficiente em termos energéticos. É de extrema praticidade para montagem/desmontagem e transporte. Os componentes da casa são todos feitos de painéis de madeira sustentável. Para construir é necessária somente uma chave de fenda para prender os painéis. É possível baixar a planta, mandar produzir as peças, e então juntá-las sem precisar experiência em construção. Os proprietários das casas podem modificá-las, acrescentando ou removendo módulos para modificar o tamanho, ou utilizar materiais diferentes. O protótipo tem cinco ambientes principais: sala, cozinha, quarto, banheiro e lavanderia, em um total de 40m. A casa também é equipada com sistemas de geração de energia elétrica, aquecimento e reaproveitamento de água, automação, além de ser dotada de móveis multifuncionais e ergonômicos. São oito estudantes e três professores treinadores, das áreas de edificação, automação industrial, mecatrônica e moveleira.

Optimized Car - construído por equipe do SENAI em Blumenau, se caracteriza pela otimização do automóvel com redução de peso, melhoria na distribuição de cargas e no equilíbrio da suspensão, aumento de potência e instalação de som de alta qualidade. Um dos propósitos da equipe foi em desenvolver tecnologias acessíveis. A equipe, de quatro alunos e dois professores treinadores dos cursos de Aprendizagem Industrial de Automóveis e Caminhões e Técnico em Manutenção Automotiva, utilizará técnicas automotivas nas áreas de mecânica, eletroeletrônica, gerenciamento eletrônico, latoaria e pintura.

Demonstração de Moda e Criatividade - A equipe catarinense, de Joinville, apresentará três coleções. Uma é de upcycling (reciclagem e reaproveitamento) de jeans e moletons, para uma família composta por pai, mãe (plus size), filha cadeirante e um filho adolescente. A segunda coleção é de roupas conversíveis, também para uma família - são casacos que se transformam em mochila convencional, em bolsa canguru (para transporte de crianças) ou mochila para transporte de animais de estimação e uma jardineira infantil que se transforma em lancheira. A terceira coleção, também de upcycling, é para animais de estimação.

2. MOSTRA INOVA SENAI
Mostra de projetos e processos inovadores desenvolvidos por docentes, técnicos e alunos do SENAI com foco na inclusão social e tecnologias educacionais. O SENAI/SC participará com 06 iniciativas:

Sorvete de azeite de oliva extra virgem - criado em Chapecó, trata-se de um sorvete premium com teor reduzido de gordura e com propriedades benéficas à saúde do consumidor. As propriedades funcionais do produto foram obtidas com a substituição total da gordura hidrogenada por azeite de oliva extra virgem, que apresenta benefícios comprovados à saúde humana. Além disso, a sobremesa é uma opção diferenciada para os consumidores que buscam produtos de alta qualidade e com sabores especiais (exóticos) e sofisticados.

Fala braile: tecnologia aplicada na alfabetização braile para inclusão de deficientes visuais - é um produto eletrônico, criado no SENAI em Florianópolis, para o auxílio na alfabetização da linguagem para deficientes visuais braile de forma interativa e dinâmica, oferecendo conteúdo educacional. Por meio de pinos em alto relevo comandados eletronicamente, o dispositivo apresenta as letras em braile interagindo com o aprendiz através da fala. É um projeto de abrangência ampla, pois pode ser adaptado para o uso no mundo todo apenas modificando o idioma falado. Atualmente na segunda versão, busca-se efetuar melhorias adaptadas à comercialização.

Máquina híbrida para corte, chanfro, escovamento e medição de tubos e barras aplicada à indústria automobilística - é uma máquina automatizada para o corte de barras e tubos aplicada à indústria automobilística, desenvolvida pelo SENAI em Joinville. O equipamento proposto vai contemplar conceito híbrido, possibilitando a realização de multitarefas, tais como operações de carga, corte, chanframento, medição e separação em um conceito único.

¿Filtro Cell - Os processos de fundição geram alguns rejeitos de alto impacto ambiental, como a areia utilizada na construção de moldes e o lodo de anodização de alumínio. De outro lado, o processo também requer a retenção de impurezas existentes nos elementos fundidos (ferro ou alumínio). O projeto consiste na construção de filtros, com a utilização exatamente dos dois rejeitos. A iniciativa, do SENAI em Criciúma, reduz os impactos ambientais e melhora a microestrutura das peças acabadas.

Eu entendo, eu escolho - Loja de roupas para pessoas cegas ou com baixa visão: o objetivo é proporcionar a esse público a independência ao realizar a compra de um produto de moda. A iniciativa, do SENAI em Jaraguá do Sul, contempla design de serviços, design de produto e design de informação, com ênfase em informação sonora e tátil.

Remoção de abrasivo acumulado no tanque de máquina de corte de chapas metálicas - No corte por jato de água, o abrasivo utilizado, junto com as limalhas de metal, é depositado em um tanque posicionado imediatamente abaixo da mesa da máquina, sendo necessário, periodicamente, retirar o material. O projeto, desenvolvido no SENAI em Blumenau, permite a remoção dos rejeitos sem a parada da máquina.

3. SISTEMA DE AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL
Durante a Olimpíada do Conhecimento, serão realizadas provas práticas de avaliação das competências de alunos dos cinco cursos técnicos mais ofertados no Brasil e três de qualificação para pessoas com deficiência (PCD).

Santa Catarina participará com três alunos em cada curso técnico. São estudantes de segurança do trabalho (de Chapecó), edificações e logística (Itajaí), mecânica (Joinville e Videira) e eletrotécnica (Itajaí e Chapecó). Dos cursos de qualificação para PCD, Santa Catarina terá dois participantes de Rio do Sul em Costura e três alunos - de São José, Itajaí e São Miguel do Oeste - do curso de operador de computador.

4. ESCOLA DO FUTURO
As entidades SESI e SENAI apresentarão durante a Olimpíada do Conhecimento o Espaço de Educação Maker, que consiste em demonstrar como seus estudantes estão sendo preparados para o mundo do trabalho com soluções educacionais inovadoras. O SENAI de Santa Catarina levará tecnologias educacionais desenvolvidas em Tubarão.

5. FESTIVAL SESI DE ROBÓTICA FLL
Trata-se de uma competição entre alunos da educação básica que envolve o mundo da ciência e da tecnologia a partir de peças de Lego os estudantes constroem robôs.

6. SESI CIÊNCIAS
O SESI de Santa Catarina vai mostrar ao público ainda o programa SESI Ciências, desenvolvido pela entidade em 2015. Por meio de uma mesa interativa com tela touch-screen e projeção holográfica, o participante é convidado à experimentação interagindo com um jogo em 3D. Essa é uma das diretrizes pedagógicas do programa que já atendeu jovens em Santa Catarina. Em parceria com o SESI do Rio de Janeiro, a entidade catarinense apresentará ainda as soluções do Programa SESI Matemática, que alia o ensino tradicional da disciplina a recursos tecnológicos.

7. DEMONSTRAÇÃO DE PROFISSÕES
Espaço dedicado a historia da educação profissional, composto por projeções audiovisuais, demonstrações ao vivo e exposição de peças (antigas e modernas).

Veja aqui todas as notícias

Liminar garante movimentação durante greve dos portos

FIESC realiza nova pesquisa sobre custos logísticos

Santa Catarina terá três projetos na Olimpíada do Conhecimento 2016

SC é sócio estratégico para a Argentina, diz embaixador Magariños

» FIESC debate formação para o mundo do trabalho com EUA

» Opinião: saúde na estratégia empresarial

» Indústria acumula queda de 10,5% nas vendas

» Nesta sexta-feira, seminário debate cabotagem

» Corrida do Bem reúne mais de mil pessoas em Caçador

» FIESC debate modernização das termelétricas a carvão

» Evento do SENAI em Brusque desperta para indústria 4.0

» SESI apoia evento da CELESC e estimula qualidade de vida

Veja aqui - Todas as notícias

Facebook Twitter Linkedin Flickr

Observatório

Indústria e competitividade

Guia da Indústria FIESC

Saiba mais

FIESC

SENAI

SESI

IEL

Prêmio FIESC de Jornalismo

e-Social





Federação das Indústria do Estado de Santa Catarina

Departamento Regional - Fone 48 3231 4100

Rod. Admar Gonzaga 2765 - Florianópolis/SC - 88034-001

Gerência de Comunicação

Institucional:Elmar Meurer

Edição:Filipe Scotti e Dâmi Radin

Reportagem:Dâmi Radin, Elida Ruivo, Ivonei
Fazzioni e Gabrielle Bittelbrun