Newsletter Semanal da FIESC  |  nº 603  |  10.04 até 17.04.2019  |  FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA
» Região Norte-Nordeste é a terceira economia de SC


Aguiar destacou as perspectivas econômicas catarinenses em reunião na ACIJ (foto: Cleber Gomes)
A região Norte Nordeste - Araquari, Barra do Sul, Garuva, Itapoá, Joinville e São Francisco do Sul - é a terceira economia de Santa Catarina, com um PIB de R$ 33,5 bilhões (2016) e é responsável por 36,3% do que é produzido pela indústria do estado. Esses foram alguns dos dados apresentados pelo presidente da Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC), Mario Cezar de Aguiar, durante a palestra "Uma visão da economia pela perspectiva do Norte catarinense" apresentada na Associação Empresarial de Joinville (ACIJ), na segunda-feira, dia 8 de abril.

Outro dado apresentado aos empresários mostra que Santa Catarina é sétima economia do país, com PIB de R$ 256 bilhões (2016), responsável por 27,1% da produção industrial, embora represente apenas 1,1% do território nacional. "Nossa indústria, se comparada com os outros estados, é a mais diversificada. A economia do estado tem crescido mais do que a média nacional, embora ainda não tenha atingido os números de 2014", lembrou Aguiar.

Sobre o Desempenho Geral do Saldo de Empregos (2015-2018), o presidente da FIESC disse que Santa Catarina ocupa o terceiro lugar, com 47,7 mil novas vagas. Já a região Norte Nordeste aparece em primeiro lugar no número de empregos entre as regiões do estado, com 9,9 mil postos. Analisando o primeiro bimestre de 2019, Aguiar mostrou dados que revelam que Santa Catarina atingiu o maior saldo (24.519 vagas), se comparado aos anos anteriores, até 2012. A região Norte Nordeste ficou em terceiro lugar.

Mario Cezar de Aguiar apresentou também informações sobre importações, exportações, expectativas da economia brasileira e da indústria para os próximos seis meses e sobre a criação do Conselho Estratégico para Infraestrutura de Transporte e a Logística Catarinense.

Conselho reúne 40 entidades e tem como finalidade contribuir para a melhoria do transporte e da logística catarinense por intermédio da discussão, consolidação e proposição das diretrizes de uma política estadual de transporte e logística, e acompanhar a sua implementação. No final, Aguiar pediu que a ACIJ trabalhe em conjunto com a FIESC para que as obras de infraestrutura sejam realizadas, principalmente, as da BR-101. "O estado precisa de investimentos para que continue crescendo. Estudos mostram que são necessários investimentos na ordem de R$ 2,6 bilhões, ao longo de 6 anos, para que Santa Catarina não perca a competitividade", enfatizou Aguiar.

Veja aqui todas as notícias

Em Chapecó, FIESC lança análise sobre rodovias da região

SESI e SENAI expõem produtos inovadores no Congresso Nacional

Russos encerram treinamento em SC para mundial de profissões

Reforma da Previdência: o Brasil não pode esperar!

» Em Chapecó, FIESC debate internacionalização

» Exportação de SC fecha o 1º trimestre com queda de 2,1%

» Região Norte-Nordeste é a terceira economia de SC

» Comdefesa debate oportunidades em tecnologia de uso dual

» Corrida do Bem FarmaSesi reúne cerca de 600 participantes

Veja aqui - Todas as notícias

Facebook Twitter Linkedin Flickr

Observatório

Indústria e competitividade

Guia da Indústria FIESC

Saiba mais

FIESC

SENAI

SESI

IEL

Prêmio FIESC de Jornalismo

e-Social





Federação das Indústria do Estado de Santa Catarina

Departamento Regional - Fone 48 3231 4100

Rod. Admar Gonzaga 2765 - Florianópolis/SC - 88034-001

Gerência de Comunicação

Institucional:Elmar Meurer

Edição:Filipe Scotti e Dâmi Radin

Reportagem:Dâmi Radin, Elida Ruivo, Ivonei
Fazzioni e Gabrielle Bittelbrun