Fiesc

Transporte Ferroviário

Imprimir A+ a-

SISTEMA FERROVIÁRIO
RAIL SYSTEM

LINHAS
LINES

EXTENSÃO
EXTENSION
(KM)

PRINCIPAIS
PRINCIPAL

TURÍSTICAS
TOURS

URBANAS
URBANS

FSA / ALL

-

-

1.190

FTC

-

-

164

-

Tubarão / Imbituba

-

-

-

Usina Itatinga

-

7

TOTAL

1.361

FONTE: GEIPOT - Anuário Estatístico - 1996 / 2000
Source: GEIPOT - 1996 / 2000

 

 

Rede e ligação da malha ferroviária em Santa Catarina

»  Santa Catarina, possui 980 Km de ferrovias em plena operação;

 

»  A malha ferroviária catarinense, esta ligada com a malha principal brasileira ( portos de Paranaguá e Rio Grande), com as malhas Argentina e Uruguaia, com o Porto de São Francisco do Sul e possui uma ligação da região carbonífera até o Porto de Imbituba;

 

»  Duas empresas possuem a concessão ferroviária no estado, a Ferrovia Tereza Cristina e empresa América Latina Logística.

 

 

Ferrovia Tereza Cristina - FTC

»  A sua sede administrativa, localiza-se no município de Tubarão, sul do estado;

 

»  Linha férrea que interliga a região carbonífera de Santa Catarina ao Porto de Imbituba, passando pelo município de Capivari de Baixo, onde se situa a usina termelétrica Jorge Lacerda - Tractebel Energia;

 

»  Malha ferroviária, passando pelos municípios de: Imbituba, Laguna, Capivari de Baixo, Tubarão, Sangão, Jaguaruna, Içara, Criciúma, Siderópolis, Morro da Fumaça, Urussanga e Forquilhinha;

 

»  Os principais produtos transportados pelo ferrovia são: carvão mineral (região carbonífera até termelétrica) e produtos cerâmicos (região até Porto de Imbituba, para exportação);

 

Complexo Ferroviário:

  


  Extensão da linha férrea



  164 Km



  Locomotivas



  10



  Vagões



  443



  Bitola dos trilhos



  1,00 m


 FONTE: Informações retiradas do site da FTC, em 17/01/05.

  
Para maiores informações clique aqui


 

 

América Latina Logística - ALL

»  Concessionária da malha Sul de Rede Ferroviária Federal, opera a malha nos estados do Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e sul de São Paulo. Opera, também, malhas ferroviárias na Argentina;

 

»  Atualmente é o maior operador logístico da América Latina. Atuando nas principais cidades do Brasil, Argentina, Chile e Uruguai, oferecendo uma gama completa de serviços logísticos, como movimentação nacional e internacional door-to-door, distribuição urbana, coletas milk run, gestão completa de armazéns, centros de distribuição e estoques;

 

»  Segmentos de atuação: commodities agrícolas e fertilizantes, combustíveis, construção, madeira, papel, celulose, siderúrgicos, higiene e limpeza, eletroeletrônicos, automotivos e autopeças, embalagens, químicos e petroquímicos, bebidas, entre outros;

 

»  Possui 70.000 m2 de área para armazenagem e 30.000 m2 de área alfandegadas, no estado de Santa Catarina, encontra-se uma Unidade de Serviço, uma área para Distribuição Urbana e um Terminal Intermodal localizado no Porto de São Francisco do Sul;

 

 Complexo Ferroviário:

 


  Extensão da linha férrea



  15.000 Km (Brasil e Argentina)



  Locomotivas



  584 total (427 no Brasil)



  Vagões



  17.500 total (11.500 no Brasil)



  Road Railers (carretas bimodais)



  160 unidades


 FONTE: Informações retiradas do site da ALL, em 18/01/05.

Agenda

Sem eventos - Em breve nossa agenda será atualizada.

Termômetro da Indústria

Nenhum indicador encontrado