Fiesc
Carregando...

FIESC, BID e Secretaria da Educação pesquisarão educação em SC

A+ a-
Publicado em: 23/10/2014
FIESC, BID e Secretaria da Educação pesquisarão educação em SC
Conselho reconheceu trabalho da Secretaria de Estado da Educação (foto: Filipe Scotti)
Clique aqui para ver a cobertura fotográfica e baixar imagens da reunião no Flickr da FIESC
 
 
Florianópolis, 23.10.2014 - O Conselho de Governança do Movimento A Indústria pela Educação, da Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC), reuniu-se nesta quinta-feira (23) em Florianópolis. Durante o encontro, Ryan Burgess, do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), apresentou projeto que será desenvolvido em parceria com a FIESC e a Secretaria de Estado da Educação.

Por meio da parceria, o BID destinará US$ 180 mil (não reembolsáveis) para financiar pesquisas que identificarão competências e habilidades do profissional requerido pelo mundo do trabalho e que analisarão o impacto da educação voltada a jovens e adultos que não concluíram o ensino básico em Santa Catarina. "É um Estado que possui um bom modelo educacional, facilidade de acesso e está aberto a uma série de inovações", disse Burgess.

Durante a reunião, o presidente da FIESC, Glauco José Côrte, falou aos conselheiros sobre as ações do Movimento e destacou a campanha Pais pela Educação. Mauri Busarello, acompanhado do filho Jonathan Busarello, aluno do SESI Escola de Timbó, participou do encontro e, em depoimento emocionante, relatou a experiência de acompanhar o filho, que tem paralisia cerebral, às aulas para auxiliar com a escrita e a leitura. Conheça a história dele na reportagem da TV Indústria clicando aqui.


Por sugestão de Côrte, o Conselho aprovou menção honrosa ao secretário estadual de Educação, Eduardo Deschamps, em documento que será encaminhado do governador Raimundo Colombo. A iniciativa é um reconhecimento a decisões como o fim da aprovação automática de alunos da educação básica e a criação do Programa Estadual Novas Oportunidades de Aprendizagem (PENOA). "Temos que valorizar o trabalho que Deschamps vem desenvolvendo como secretário de educação, um gestor que acima de tudo é um educador também", salientou Côrte.

Deschamps, que integra o Conselho de Governança do Movimento, explicou ao grupo que o fim da aprovação automática dos alunos da rede estadual impactou no Índice de Desenvolvimento de Educação Básica (Ideb), que ficou com nota 4,3 (nota igual ou superior a 6 indicam escola de boa qualidade), contra 4,5 registrada em 2011. "O índice de 2013 não reflete as mudanças que provocamos no nosso modelo educacional. O impacto só poderá ser percebido na próxima medição", ressaltou o secretário. Apesar da queda no indicador, a taxa de evasão escolar nos anos finais do ensino fundamental de Santa Catarina caiu 30% em relação a 2011. No ensino médio, a taxa também reduziu 7,5%.

Além da reunião do Conselho de Governança do Movimento, a FIESC está promovendo o segundo workshop internacional de educação. Educação de qualidade e competências para o século XXI estão no centro desse debate que conta com a participação da presidente do Instituto Ayrton Senna, Viviane Senna, e de especialistas da Polônia e da Finlândia. Também participam lideranças empresariais, gestores municipais e educadores.







 

Elida Hack Ruivo
Assessoria de Imprensa da FIESC
48 3231-4244 | 48 9176-2505
elida.ruivo@fiescnet.com.br



Faça o download dos arquivos

Agenda

Sem eventos - Em breve nossa agenda será atualizada.

Termômetro da Indústria