Newsletter Semanal do Sistema FIESC  |  nº 265  |  16.05 até 23.05.2012  |  FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA
Vendas da indústria catarinense têm alta de 13% no trimestre


Setor de máquinas e equipamentos, que produz componentes para a linha branca, cresceu 39,6% no período (Foto: Plínio Bordin/FIESC)

As vendas reais da indústria catarinense registraram crescimento de 13% no primeiro trimestre de 2012 em relação ao mesmo período do ano passado. Os dados são da pesquisa indicadores industriais realizada pela Federação das Indústrias (FIESC) com 200 empresas. No período, os setores que puxaram o desempenho foram máquinas e equipamentos (39,6%), segmento que produz a linha branca, produtos químicos (22,6%); alimentos e bebidas (17,5%) e máquinas, aparelhos e materiais elétricos (17%).  

"Os dados indicam que fechamos o trimestre iniciando um processo de recuperação da economia por que tivemos um bom crescimento nas vendas internas e externas. Tudo indica que teremos um primeiro semestre já apontando para um crescimento do setor industrial em 2012", afirma o presidente da FIESC, Glauco José Côrte.

Ele ressalta que neste ano, assim como nos anos anteriores, o mercado interno tem sido responsável pelo crescimento da economia e alguns setores industriais começam a mostrar sinais de recuperação, como é o caso de máquinas e equipamentos, sobretudo a linha branca, alimentos, material eletrônico e equipamentos de comunicação. "Ainda é cedo para afirmar que teremos um crescimento robusto, mas certamente as condições são melhores do que em 2011. Não será um ano de ouro da economia nem do setor industrial, mas tudo indica que vamos ter um desempenho superior ao registrado no ano passado", salientou Côrte. 

A capacidade produtiva das fábricas fechou o trimestre em 83,4%, resultado ligeiramente inferior aos 84,1% registrados neste mesmo intervalo de tempo em 2011. As horas trabalhadas na produção decresceram 0,6% e a massa salarial real aumentou 8,6%.

Em março de 2012 as vendas reais da indústria aumentaram 15,1% ante o mesmo período em 2011. As principais influências positivas sobre o resultado vieram dos segmentos de máquinas e equipamentos, que recebeu maior número de pedidos devido à redução do IPI para a linha branca, e de alimentos e bebidas. Este último atribuiu o bom desempenho ao maior número de dias trabalhados no mês e o aumento da demanda. No resultado incluem-se os pescados para o período da quaresma. O segmento de material eletrônico e equipamentos de comunicação também registrou aumento expressivo de vendas no mês tendo como justificativa as compras realizadas pelo varejo para recompor os estoques.

Veja aqui todas as notícias

Empresários de SC encerram missão à feira internacional

SESI apresenta projeto para ampliar complexo esportivo de Blumenau

FIESC defende fortalecimento da Agesc

Exportação de Santa Catarina acumula alta de 8% até abril

Parceria beneficia indústrias de SC

Têxteis buscam a certificação ambiental voluntária

Deputado Ronaldo Benedet recebe agenda do setor têxtil

Vendas da indústria catarinense têm alta de 13% no trimestre

Empresários debatem sobre retenção de pessoas

Evento reúne cases de aprendizagem industrial em SC

Missão empresarial à Turquia tem inscrições abertas

Mostra na Alesc apresenta a estrutura do Sistema FIESC no Estado

FIESC promove encontro de negócios entre Santa Catarina e Itália

Brasil Foods inaugura restaurante in company do SESI

Espanhóis conhecem modelo de associativismo do setor de TI

Facebook Twitter Linkedin Flickr

Observatório

Indústria e competitividade

Guia da Indústria FIESC

Saiba mais





Federação das Indústria do Estado de Santa Catarina

Departamento Regional - Fone 48 3231 4100

Rod. Admar Gonzaga 2765 - Florianópolis/SC - 88034-001

Gerência de Comunicação

Institucional:Elmar Meurer

Edição:Filipe Scotti e Dâmi Radin

Reportagem:Dâmi Radin, Elida Ruivo, Ivonei
Fazzioni e Gabrielle Bittelbrun