Newsletter Semanal do Sistema FIESC  |  nº 299  |  30.01 até 06.02.2013  |  FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA
» Inventário de emissão de gases é tema de curso


Evento foi realizado na sede do Sistema FIESC, em Florianópolis (Foto: Dami Radin)

O Sistema FIESC encerrou na terça-feira (29) a capacitação "Inventários corporativos de gases de efeito estufa" ministrada para 40 profissionais do setor industrial catarinense. O curso mostrou como elaborar o inventário para mensurar a quantidade de gases emitidos na atmosfera durante um período de tempo. Com essa informação em mãos, as empresas conseguem definir metas para reduzir a emissão de gases, além de antecipar o cumprimento de legislação federal sobre mudança do clima que prevê, a partir deste ano, regulamentação para os setores de alumínio, cimento, químico e papel e celulose.

O engenheiro e pesquisador do Centro de Estudos em Sustentabilidade da Fundação Getúlio Vargas (FGV) George Magalhães, destaca dois motivos pelos quais é importante ter profissionais capacitados: primeiro porque há uma tendência de o governo estabelecer limite para as emissões de gases para todos os setores do país, e segundo porque representa uma vantagem competitiva. "É crescente o movimento dos consumidores que reconhecem as empresas que causam menos impacto ambiental. Os consumidores conseguem premiar aquelas que impactam menos e deixar de lado as que impactam mais. Então, as organizações se adiantando, conseguem ter vantagem de mercado e se antecipam a futuras obrigações de fazer o inventário", disse ele.

Os quatro setores que serão afetados já em 2013 terão que fazer o inventário e declarar suas emissões para o governo. "Isso ocorre porque o Brasil tem uma meta de redução do crescimento das emissões de gases perante à ONU e outros países", afirmou Magalhães destacando que a redução de emissões está associada à redução de custos. "Uma empresa que gere melhor seus gases, gerencia melhor os custos e consegue ser mais eficientes nos processos", declarou ele. Os participantes do curso aprenderam a metodologia GHG Protocol, a ferramenta mais utilizada no mundo para contabilizar e gerenciar emissões.

A capacitação, realizada em parceria com a Confederação Nacional da Indústria (CNI), é mais uma ação do "Plano de sustentabilidade para a competitividade da indústria catarinense". A iniciativa, realizada pelo Sistema FIESC, contempla mais de 60 ações concretas em áreas como energias renováveis; eficiência energética; mudanças climáticas; produção mais limpa e recursos hídricos.

Veja aqui todas as notícias

FIESC lança Comitê de Petróleo e Gás nesta quinta (31)

Especialistas do MIT vêm a SC conhecer atuação do SENAI

SESI vacinará 160 mil trabalhadores contra a gripe

Com pequena queda, industrial de SC está confiante na economia

» Indústrias são reconhecidas por boas práticas empresariais

» IEL oferece 300 vagas de estágio em Santa Catarina

» Abertas inscrições para missões à Alemanha e ao Panamá

» Livro mostra ferramentas de gestão da produção industrial

» Papa-Pílula é reconhecido como melhor iniciativa ambiental

» Inventário de emissão de gases é tema de curso

» Mais de 100 entidades apoiam a Construction Expo 2013

Facebook Twitter Linkedin Flickr

Observatório

Indústria e competitividade

Guia da Indústria FIESC

Saiba mais





Federação das Indústria do Estado de Santa Catarina

Departamento Regional - Fone 48 3231 4100

Rod. Admar Gonzaga 2765 - Florianópolis/SC - 88034-001

Gerência de Comunicação

Institucional:Elmar Meurer

Edição:Filipe Scotti e Dâmi Radin

Reportagem:Dâmi Radin, Elida Ruivo, Ivonei
Fazzioni e Gabrielle Bittelbrun