Newsletter Semanal do Sistema FIESC  |  nº 160  |  21.04 até 28.04.2010  |  FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA
SC precisa de maior mobilização política para assegurar recursos, diz FIESC


Reunião em Blumenau foi a quinta para elaboração da agenda (foto: Elmar Meurer)
A Federação das Indústrias (FIESC) defendeu nesta terça-feira, em Blumenau, a maior participação dos empresários no debate político e a mobilização de Santa Catarina para que o estado receba a parte que lhe cabe nos recursos federais. "A elaboração de uma consistente agenda de propostas empresariais para subsidiar os planos de governo dos candidatos nas próximas eleições é um passo importante que estamos dando. Precisamos deixar claro quais são as nossas necessidades", disse o presidente do Sistema FIESC, Alcantaro Corrêa, em Blumenau, onde a Federação encerrou a série de eventos para a busca de sugestões para o documento que será entregue aos candidatos nas eleições 2010.

"Não estamos pedindo favor, nem benesse. Mas o que merecemos, por gerarmos riqueza e contribuirmos para o desenvolvimento do país", disse o 1º vice-presidente da FIESC, Glauco José Corte. Como exemplo, citou notícia divulgada nesta semana, de que Santa Catarina não recebeu nada de recursos para prevenção de enchentes, e os dados mostrando que no ano passado foram investidos apenas 24% dos R$ 908 milhões previstos no Orçamento da União para infraestrutura no estado. "O tratamento que recebemos é ridículo e só pode ser revertido com pressão", afirmou.

O risco da desindustrialização foi destacado pelo diretor de relações industriais e institucionais da FIESC, Henry Quaresma. "As importações crescem exponencialmente, enquanto as indústrias locais têm dificuldades de competir em função do ambiente para os negócios. Este é um grande desafio", disse, destacando também a importância da mobilização do setor industrial para reverte esse cenário.

Entre as questões destacadas pelos empresários do Vale do Itajaí como fundamentais para os próximos mandatos, estão a preocupação com a segurança, a infraestrutura, o acesso ao crédito e as dificuldades para o licenciamento ambiental.

A série de eventos para levantar sugestões que integrarão a agenda Desenvolvimento SC: Uma Visão da Indústria, encerrada em Blumenau nesta terça-feira, incluiu também reuniões em Joinville (dia 5), Criciúma (12), Chapecó (14) e Lages (15). A apresentação da versão preliminar do documento que será entregue aos candidatos está programada pela FIESC no final do maio. Além das sugestões obtidas nas reuniões regionais, o documento vai incluir pesquisa de opinião com os empresários, que está sendo realizada pelo Instituto Mapa, e a revisão de estudos de longo prazo para o desenvolvimento do estado.

Veja aqui todas as notícias

Jogos Nacionais do Trabalhador começam amanhã, no RS

IEL/SC conquista prêmio Stemmer de Inovação

Emprego nas médias e grandes indústrias de SC tem alta de 1%

SENAI vai qualificar trabalhadores para estaleiro de Biguaçu

Farmácias do SESI adotam novos preços para medicamentos

Têxteis européias buscam fornecedores catarinenses

IEL/SC certifica empresas fornecedoras do estado

Convenção garantirá mais saúde e segurança para o trabalhador

Projeto aumenta produtividade da indústria de petróleo e gás

SENAI em Corcórdia comemora dia do Metalúrgico

Cravil implanta Ginástica na Empresa, do SESI/SC

Facebook Twitter Linkedin Flickr

Observatório

Indústria e competitividade

Guia da Indústria FIESC

Saiba mais





Federação das Indústria do Estado de Santa Catarina

Departamento Regional - Fone 48 3231 4100

Rod. Admar Gonzaga 2765 - Florianópolis/SC - 88034-001

Gerência de Comunicação

Institucional:Elmar Meurer

Edição:Filipe Scotti e Dâmi Radin

Reportagem:Dâmi Radin, Elida Ruivo, Ivonei
Fazzioni e Gabrielle Bittelbrun