Newsletter Semanal da FIESC  |  nº 435  |  21.10 até 28.10.2015  |  FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA
» Conjunção de crises é histórica


Côrte: "Vamos trabalhar, cada um fazer a sua parte, que nós vamos vencer a crise" (foto: Heraldo Carnieri)
Durante a Convenção da Contabilidade do Estado de Santa Catarina (Contesc), o presidente da Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC), Glauco José Côrte, fez um panorama da atual conjuntura e afirmou que pela primeira vez o Brasil enfrenta simultaneamente crises política, econômica, ética e social. "Par usar expressão que um ex-presidente usava muito, ‘nunca antes na história deste País', nós tivemos a convergência de tantos fatores negativos", resumiu. O evento foi realizado de quarta-feira (14) até sexta-feira (16).

O cenário apresentado evidenciou queda na produção industrial, nas vendas, no emprego, nas exportações e nas importações. Em debate que também contou com a participação do presidente da Federação do Comércio (Fecomércio), Bruno Breithaupt, Côrte destacou o baixo percentual de investimento do Brasil, que é 19,7% do PIB. A China investe 49% do PIB e a Índia investe 33%. Também chamou a atenção para a falta de confiança do industrial brasileiro na economia: pesquisa da Confederação Nacional da Indústria (CNI) mostra que o nível de confiança alcançou 35,7 pontos em setembro. O índice varia de 0 a 100. Acima de 50 pontos indica confiança e abaixo falta.

Aos profissionais da contabilidade, Côrte também apresentou as principais ações da FIESC para fortalecer a educação, ampliar o acesso a mercados e os investimentos em inovação, aumentar a produtividade e a qualidade de vida dos trabalhadores. No caso da educação, a qualificação de trabalhadores em todos os níveis de formação é prioridade para a indústria catarinense. No Estado, o percentual de trabalhadores com escolaridade básica completa é de 55% contra 57,7% na média brasileira.

Nos últimos anos, a produtividade catarinense cresceu 0,4% enquanto que em economias desenvolvidas, como os Estados Unidos, o aumento foi superior a 4%. Em relação à qualidade de vida, a FIESC defende que investir na saúde do trabalhador reduz gastos e custos com afastamentos, além de maximizar a produtividade. Com o aumento da expectativa de vida da população, é estratégico manter os trabalhadores ativos por mais tempo.

Ao encerrar sua apresentação, Côrte exibiu vídeo que exalta a superação do atleta britânico Derek Redmond para concluir uma corrida em que sofre lesão nos jogos olímpicos de 1992. E destacou: "Nós vivemos essa crise aguda, mas não podemos abandonar nossos sonhos. O brasileiro tem que ser forte. Não vamos roubar a esperança de nossos filhos, de nossos jovens. Vamos trabalhar, cada um fazer a sua parte, que nós vamos vencer essa crise. Não vamos deixar que ela nos domine. Pelo contrário: nós somos mais fortes e vamos dominar a crise", disse.

O presidente da Fecomércio, Bruno Breithaupt, defendeu a redução do tamanho do Estado, argumentando que os Estados Unidos são uma grande nação por não terem não terem estatais como a Petrobrás ou os Correios. Também destacou a urgência de reformas como a trabalhista e investimentos consistentes em inovação e educação. Como exemplo, citou a Coreia do Sul, por ter investido, há 35 anos, em educação, o que deu condições ao país de ser competitivo em segmentos como a indústria automobilística, inclusive com presença no Brasil.

Veja aqui todas as notícias

Côrte defende investimentos no ensino técnico

SENAI abre matrículas para 72 mil vagas em educação profissional

Jogos do SESI reúnem 2,5 mil trabalhadores da indústria

Feira de Cantão mostra o tamanho e o apetite da China

» Opinião: A respeito do Dia Nacional da Inovação

» Seminário aborda a indústria e os resíduos sólidos

» Programa de formação reúne secretários de 57 sindicatos

» Projeto alavanca produtividade das indústrias

» Conjunção de crises é histórica

» Inovar SC 2015 debate desafios da inovação nas indústrias

» Em curso de carpintaria, estudantes constroem casas

» Alunos do Programa Novos Caminhos visitam indústria

Facebook Twitter Linkedin Flickr

Observatório

Indústria e competitividade

Guia da Indústria FIESC

Saiba mais





Federação das Indústria do Estado de Santa Catarina

Departamento Regional - Fone 48 3231 4100

Rod. Admar Gonzaga 2765 - Florianópolis/SC - 88034-001

Gerência de Comunicação

Institucional:Elmar Meurer

Edição:Filipe Scotti e Dâmi Radin

Reportagem:Dâmi Radin, Elida Ruivo, Ivonei
Fazzioni e Gabrielle Bittelbrun