Newsletter Semanal da FIESC  |  nº 486  |  2.11 até 9.11.2016  |  FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA
Empresa deve tratar saúde e segurança de forma sistêmica


Relação ganha-ganha, defende Pereira (foto: Rodrigo Mélo)
"Cuidados e investimentos em saúde e segurança no trabalho devem se sustentar em uma relação ganha-ganha. Indivíduos saudáveis são mais felizes e vivem de maneira mais plena. Empresas com profissionais mais saudáveis e engajados são mais produtivas e competitivas", destacou o superintendente do SESI/SC, Fabrizio Machado Pereira, no workshop Aliança Saúde Competitividade, promovido pela FIESC, por meio do SESI e com o apoio do IEL. O encontro, realizado na terça-feira (1), em Itajaí, reuniu empresários, profissionais da área da saúde, representantes de universidades e do poder público.

"Resolver os problemas estruturais de saúde e segurança não é um ato isolado de uma única empresa, de um indivíduo ou instituição. Precisa ser trabalhado de forma conjunta e o esforço necessita ser coletivo. Por isso, o tema deve ser tratado de forma sistêmica, trazendo a pauta para o assunto do dia", esclareceu Pereira. "Assim como a educação e a inovação, a saúde é um pilar para a base do desenvolvimento industrial e da sociedade. O assunto precisa ser ampliado para além das atuais discussões sobre o ambiente regulatório em saúde e segurança no trabalho para a inclusão de políticas e práticas de promoção da saúde, que estimulem a adoção de hábitos e estilo de vida saudáveis", frisou Pereira, acrescentando que empresas, sociedade, governo e universidades devem atuar juntos a favor dos industriários. "Trabalho deve ser um meio de geração de saúde e bem-estar, e não de adoecimento", completou.

O comportamento da transição demográfica que o Brasil realizou nos últimos 50 anos, a França levou 150 anos para realizar. O aumento da expectativa de vida do brasileiro chama a atenção para a necessidade da adoção de hábitos saudáveis. "Além da bandeira da educação, a FIESC agora também defende a saúde. A junção desses dois temas é a forma de as empresas atingirem maior produtividade e competitividade, refletindo, diretamente, na economia do Estado", disse o vice-presidente da FIESC para o Vale do Itajaí, Mauricio César Pereira. "Trabalhadores saudáveis, felizes e motivados possibilitam o crescimento dos municípios, do Estado e do País", frisou.

"Manifestamos aqui nossa responsabilidade conjunta com relação à saúde dos nossos trabalhadores, pensando, cada vez mais, na competitividade das empresas e no bem-estar das organizações", declarou o diretor regional do SESI em Itajaí, Roberto Zen.

Durante o encontro, lideranças empresariais apontaram os principais desafios no seu setor, e, posteriormente, consolidaram e priorizaram as diretrizes que contribuem para a criação de ambientes de trabalho mais seguros e saudáveis na indústria. Os workshops, que até o final do primeiro semestre de 2017 terão passado pelas 16 vice-presidências da FIESC, visam a estimular a atuação de lideranças locais como agentes promotores de ambientes de trabalho seguros e saudáveis. Após a identificação dos desafios na área, será elaborado um plano de ação para a mobilização da região a favor da causa.

Veja aqui todas as notícias

Iniciativa da FIESC busca redução de acidentes em SC

Empresa deve tratar saúde e segurança de forma sistêmica

Catarinenses vencem etapa nacional do Prêmio IEL de estágio

Na FIESC, EMBRAPII promete agilidade na avaliação de projetos

» Opinião: credibilidade para reduzir os juros

» FIESC divulga vencedores do Prêmio de Jornalismo 2016

» Seminário debate oportunidades entre SC e Argentina

» Construção civil inova processos para otimizar resultados

» Curso em Joinville aborda fusões e aquisições

» Câmara Ambiental debate ciclo de vida dos produtos

Facebook Twitter Linkedin Flickr

Observatório

Indústria e competitividade

Guia da Indústria FIESC

Saiba mais





Federação das Indústria do Estado de Santa Catarina

Departamento Regional - Fone 48 3231 4100

Rod. Admar Gonzaga 2765 - Florianópolis/SC - 88034-001

Gerência de Comunicação

Institucional:Elmar Meurer

Edição:Filipe Scotti e Dâmi Radin

Reportagem:Dâmi Radin, Elida Ruivo, Ivonei
Fazzioni e Gabrielle Bittelbrun