Newsletter Semanal da FIESC  |  nº 513  |  31.05 até 7.06.2017  |  FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA
» Opinião: O Brasil tem pressa, por Glauco José Côrte
O desemprego é o principal motivo pelo qual defendemos que não deve nem pode haver dicotomia entre o combate à corrupção e o desenvolvimento econômico. O Brasil não pode mais conviver com 14 milhões de desempregados. Temos o dever de trabalhar pela recuperação da economia, sem prejuízo do combate à corrupção. O Brasil não pode perder a oportunidade de mudar seu comportamento ético e, ao mesmo tempo, buscar o caminho da prosperidade econômica e social.

Santa Catarina, em especial, não tem outra alternativa senão continuar no caminho do desenvolvimento para todos. A nossa economia de está crescendo acima da média nacional; a indústria voltou a contratar e ser destaque nacional na geração de empregos; a produção e a exportação cresceram; assim como a confiança do industrial, que contribuiu para termos a menor taxa de desocupação do País. O Banco Central estima que nos três primeiros meses do ano a economia catarinense cresceu quase 3%.

Com inflação e juro em queda, é possível prever uma recuperação gradual dos empregos que foram ceifados ao longo da mais cruel crise que o país já enfrentou. Não se trata de uma questão ideológica. Mas de focar na recuperação do Brasil e reconhecer que os avanços conduzidos pela equipe econômica indicavam a recuperação desejada por todos os brasileiros.

Quando as nuvens começavam a se dissipar, a cena política novamente se agravou de maneira dramática, trazendo insegurança sobre a recuperação econômica, sem a qual não será possível gerar os postos de trabalho que os brasileiros tanto precisam.

Mas o Brasil não pode parar! Os desempregados tem pressa. Precisamos valorizar as empresas sérias e transparentes. E avançar com as reformas, para criar um ambiente que permita o retorno ao crescimento. A FIESC confia em que o Congresso Nacional saberá aprovar as propostas para modernizar o Brasil, colocando-o, assim, em condições de competição com os países mais desenvolvidos, gerando empregos e oportunizando aos seus filhos educação, saúde e melhor qualidade de vida.

Veja aqui todas as notícias

FIESC debate mudanças climáticas e prevenção de cheias

Geração distribuída é oportunidade para indústria de SC

FIESC entrega ampliação de laboratório do SENAI

SENAI abre inscrições para cursos técnicos e superiores

» Opinião: O Brasil tem pressa, por Glauco José Côrte

» FIESC e Cingapura debatem oportunidades de parcerias

» Blumenau tem laboratório didático para o setor gráfico

» Seminário reúne núcleos de inovação tecnológica de SC

Facebook Twitter Linkedin Flickr

Observatório

Indústria e competitividade

Guia da Indústria FIESC

Saiba mais





Federação das Indústria do Estado de Santa Catarina

Departamento Regional - Fone 48 3231 4100

Rod. Admar Gonzaga 2765 - Florianópolis/SC - 88034-001

Gerência de Comunicação

Institucional:Elmar Meurer

Edição:Filipe Scotti e Dâmi Radin

Reportagem:Dâmi Radin, Elida Ruivo, Ivonei
Fazzioni e Gabrielle Bittelbrun