Newsletter da FIESC  |  nº 626  |  4.03 à 17.03  |  FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA
Meta do IMA é zerar a fila do licenciamento até final de 2020


Diretora de licenciamento do IMA, Gabriela Brasil dos Anjos, durante apresentação na reunião da Câmara de Meio Ambiente da FIESC (foto: Filipe Scotti)
A meta do Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina (IMA) é zerar a fila do licenciamento ambiental até o final de 2020. A informação foi dada pela diretora de licenciamento do órgão, Gabriela Brasil dos Anjos, durante reunião da Câmara de Meio Ambiente e Sustentabilidade da Federação das Indústrias (FIESC), nesta terça-feira (3), em Florianópolis. "A meta principal que foi passada pela nova gestão é bastante ousada, mas temos indicadores que mostram que a gente vai conseguir com o esforço de todos", disse Gabriela.

No encontro, ela detalhou uma série de ações internas que estão em curso para alcançar a meta. Entre elas, destacam-se a reorganização das atribuições de cada gerência, estabelecendo como principal foco o licenciamento ambiental, aumento de 30 servidores, por meio do concurso público, padronização de procedimentos, além do desenvolvimento de procedimentos simplificados e automatizados, sempre que possível. "Entendemos que juntos vamos conseguir fazer um licenciamento ambiental mais técnico, seguro e célere", declarou.

Em sua apresentação, a diretora do IMA destacou a importância da parceria com outras instituições para dar celeridade ao processo de licenciamento. "A título de exemplo, temos a Instrução Normativa 11, que é da suinocultura e foi toda desenvolvida em parceria com o setor produtivo e com a Embrapa Suínos e Aves. Então, eles estabeleceram padrões técnicos que devem ser seguidos. Foi uma parceria de sucesso. E essa instrução normativa virou modelo. Dessa forma, também trabalhamos em outras áreas e vamos conseguir evoluir. A partir do momento que temos conhecimentos estabelecidos, vindos de ambientes de pesquisa, podemos desenvolver sistemas que podem dar celeridade à análise de processos", concluiu.

O presidente da Câmara, José Lourival Magri, disse que o IMA pode contar com a parceria da FIESC. "Vamos ser sempre parceiros. A indústria não quer retrocessos na lei. Quer procedimentos claros e agilidade no processo. Isso é importante", declarou. Magri lembrou da preocupação da indústria com a sustentabilidade e mencionou como exemplo a Portobello, empresa do ramo de revestimentos cerâmicos, com sede em Tijucas. Na reunião, a engenheira ambiental da companhia, Fabíola Gava, destacou as práticas de economia da circular.

 

Veja aqui todas as notícias

Catarinenses buscam vagas em competições internacionais de robótica

FIESC e Sebrae atuarão na internacionalização de micro e pequenas

SESI vai imunizar 284 mil trabalhadores contra a gripe

Meta do IMA é zerar a fila do licenciamento até final de 2020

SESI e SENAI tem mais de 11,6 mil vagas em cursos

FIESC recebe comitiva do Conselho Nacional do SESI

Sem infraestrutura, não há desenvolvimento, diz FIESC a Esmeraldino

Facebook Twitter Linkedin Flickr

Observatório

Indústria e competitividade

Guia da Indústria FIESC

Saiba mais





Federação das Indústria do Estado de Santa Catarina

Departamento Regional - Fone 48 3231 4100

Rod. Admar Gonzaga 2765 - Florianópolis/SC - 88034-001

Gerência de Comunicação

Institucional:Elmar Meurer

Edição:Filipe Scotti e Dâmi Radin

Reportagem:Dâmi Radin, Elida Ruivo, Ivonei
Fazzioni e Gabrielle Bittelbrun